Editorial: Em Defesa das Publicações em Português

Luciano Rossoni
DOI: https://doi.org/10.21529/RECADM.2018ed3

Texto completo:

PDF

Palavras-chave

publicações; produção científica; periódicos


Referências


Alcadipani, R. (2017). Periódicos brasileiros em inglês: A mímica do publish or perish" global". Revista de Administração de Empresas, 57(4), 405-411.

Bertero, C. O., Alcadipani, R., Cabral, S., Faria, A., & Rossoni, L. (2013). Os desafios da produção de conhecimento em administração no Brasil, Cadernos EBAPE.BR, 11(1), 181-196.

Cabral, S., & Lazzarini, S. G. (2011). Internacionalizar é preciso, produzir por produzir não é preciso. Organizações & Sociedade, 18(58), 541-542.

Diniz, E. H. (2017). Periódicos brasileiros da área de Administração no contexto de internacionalização da produção científica. Revista de Administração de Empresas, 57(4), 357-364.

Farias, S. A. D. (2017). Internacionalização dos periódicos brasileiros. Revista de Administração de Empresas, 57(4), 401-404.

Fradkin, C. (2017). The internationalization of psychology journals in Brazil: A bibliometric examination based on four indices. Paidéia, 27(66), 7-15.

Goulart, S., & Carvalho, C. A. (2008). O caráter da internacionalização da produção científica e sua acessibilidade restrita. Revista de Administração Contemporânea, 12(3), 835-853.

Goulart, S. (2018). O conhecimento local: produção, desafios e embates. Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, 5(12), 268-296.

Larivière, V., Haustein, S., & Mongeon, P. (2015). The oligopoly of academic publishers in the digital era. PLoS ONE, 10(6), e0127502.

Schmitt, J. (2014). Academic journals: The most profitable obsolete technology in history. The Huffington Post Blog. Recuperado em 31 de julho, 2018, de http://www.huffingtonpost.com/jason-schmitt/academic-journals-the-mos_1_b_6368204.html




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.