A PRÁTICA DA GESTÃO PARTICIPATIVA EM ESCOLAS MUNICIPAIS DE FORTALEZA

Lydia Maria Pinto Brito, Maria Eliane Alves Lobo
DOI: https://doi.org/10.5329/RECADM.20080702002

Texto completo:

Artigo

Resumo

Este artigo trata do relato de pesquisa sobre o tema da gestão participativa na organização escolar, com o objetivo de investigar como a prática da gestão participativa é percebida por seus usuários: estudantes, professores, funcionários, especialistas, pais e pelos próprios gestores. A pesquisa realizada em 12 (doze) escolas, entrevistando, observando e aplicando questionários específicos aos diferentes segmentos, no total de 682 (seiscentos e oitenta e dois) participantes, verificou que a gestão participativa ainda é um modelo em aprendizagem. A discussão parte de uma concepção do modelo de gestão escolar preconizado na lei federal nº 9.394, na Constituição Estadual do Ceará, na Lei Orgânica do Município de Fortaleza, no eixo da reforma administrativa da prefeitura de Fortaleza, nas capacitações dos gestores e nos princípios filosóficos da educação e da gestão escolar para o século XXI. As considerações finais diante ao pano de fundo das mudanças institucionais e gerenciais, apontam que a gestão participativa é um modelo em aprendizagem.

 


Palavras-chave

Gestão; Educação; Gestão Participativa; Teoria Organizacional; Modelo de Gestão


Referências


BORDENAVE, J. E. D. O que é participação São

Paulo, Editora Brasiliense, 1983.

CARNEIRO, M. A. LDB fácil: leitura críticocompreensiva:

artigo a artigo. 15. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

CEARÁ, Assembléia Legislativa do Estado do Ceará. Constituição do Estado do Ceará. Disponível em: www.ceara.gov.br. Acesso em: 07

out. 2009.

DEMO, P. Participação è conquista. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

LERNER, W. Organização participativa: como a empresa brasileira pode enfrentar esse desafio. São Paulo: Livraria Nobel, 1991.

LÜCK, H. A escola participativa: o trabalho do gestor escolar. 6. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

MAXIMIANO, A. C. A. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MENDONÇA, L. C. de. Participação na organização: uma introdução aos seus fundamentos, conceitos e forma. São Paulo:

Editora Atlas,1987.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.