Consumo sustentável e o comportamento de universitários: discurso e práxis!

Giancarlo Gomes, Patricia Monteiro Gorni, Marialva Tomio Dreher
DOI: https://doi.org/10.5329/RECADM.20111002006

Texto completo:

Artigo

Resumo

O estudo tem por objetivo analisar o comportamento, discurso e prática, dos jovens universitários sobre o consumo sustentável. O método adotado foi a pesquisa quantitativa e de levantamento, realizada em uma universidade na cidade de Blumenau, SC. A população pesquisada foi composta por 330 estudantes. Os resultados apontam que, a maioria dos universitários pesquisados demonstra estar consciente do seu papel em relação aos cuidados com o meio ambiente. Apesar de esse fato representar um posicionamento favorável ao consumo sustentável, ele revela apenas a consciência dos respondentes sobre as problemáticas ambientais. O discurso dos universitários permite depreender uma preocupação com a conservação ambiental no momento de decisão do consumo. A prática desses universitários revela uma realidade diferente, em especial no que tange à valorização da relação custo-benefício em detrimento da relação custo-conservação ambiental e/ou contribuição pessoal com a aquisição de produtos e embalagens menos nocivos ao ambiente. A pouca cultura de conscientização enraizada na sociedade e o alto custo dos produtos ecológicos em comparação aos demais produtos tradicionais em oferta no mercado devem ser considerados. Para uma geração de poucos recursos, essa situação pode ser resultado da falta de alternativa econômica para participar ativamente dos movimentos em prol do consumo sustentável.

 

 


Palavras-chave

Comportamento do consumidor; consumo sustentável; universitários


Referências


Amorim, B. C., Araújo, A. C., Gonçalves, G. A. C., & Queiroz, C. T. A. P. (2009). Diagnóstico da Consciência Ambiental dos Gestores: Eco-Atitudes e Consumo Sustentável em Campina Grande /PB-Brasil. Qualit@s Revista Eletrônica, 2(8).

Bedante, G. N. (2004). A influência da consciência ambiental e das atitudes em relação ao consumo sustentável na intenção de compra de produtos ecologicamente embalados. Mestrado Dissertação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Bedante, G. N., & Slongo, L. A. (2004). O comportamento de consumo sustentável e suas relações com a consciência ambiental e a intenção de compra de produtos ecologicamente embalados. Paper presented at the Encontro de Marketing - EMA, Atibaia.

Calomarde, J. (2000). Marketing Ecológico. Madrid: Pirámide.

Capelini, M. (2007). Potencialidade e aplicação da prevenção de resíduos de embalagens: abordagem sobre o projeto do produto e o consumo. Doutorado Tese, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Cardoso, A. J. M., & Cairrão, Á. M. C. L. (2009). Os jovens universitários e o consumo sustentável. A sua influência na compra de produtos ecológicos. Biblioteca Digital da Universidade Fernando Pessoa. Retrieved from https://bdigital.ufp.pt/dspace/bitstream/10284/403/1/124-135_2007.pdf

Coltro, A. (2006). O comportamento do consumidor consciente como fonte de estímulos de mercado às ações institucionais socioambientais. Paper presented at the Conselho Latino-Americano de Escolas de Administração, Montpellier.

Creswell, J. W. (2010). Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto (3ª ed.). Porto Alegre: Bookman.

Engel, J., Blackwell, R. D., & Miniard, P. W. (2000). Comportamento do Consumidor (8ª ed.). Rio de Janeiro: LTC.

Fraj, E., & Martinez, E. (2006). Influence of personality on ecological consumer behavior. Journal of consumer behavior, 5(3), 167-182. http://dx.doi.org/10.1002/cb.169

Gade, C. (2000). Psicologia do Consumidor e da Propaganda. São Paulo: Pedagógica Universitária.

Gomes, D. V. (2006). Educação para o consumo ético e sustentável. Revista eletrônica Mestrado de Educação Ambiental, 16(jan./jun.).

Gonçalves-Dias, S. L. F., & Moura, C. (2007). Consumo Sustentável: Muito Além do Consumo “Verde”. Paper presented at the Encontro Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração, Rio de Janeiro.

Hansen, U., & Schrader, U. (1997). A modern model of consumption for a sustainable society. Journal of Consumer Policy, 20, 443-468. http://dx.doi.org/10.1023/A:1006842517219

Instituto Akatu. Retrieved 15/01/2010, from http://www.akatu.com.br

Klineberg, S. L., & Mckeever, M. R. B. (1998). Demographic predictors of environmental concern: It does make a difference how it's measured. Social Science Quarterly, 79(15), 734-753.

Kotler, P. (2000). Administração de Marketing: análise, planejamento, implementação e controle. São Paulo: Prentice Hall.

Lages, N. S., & Vargas Neto, A. (2002). Mensurando a consciência ecológica do consumidor: um estudo realizado na cidade de Porto Alegre. Paper presented at the Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação em Administração, Salvador.

Minor, M. S., & Mowen, J. C. (2003). Comportamento do consumidor. São Paulo: Prentice Hall.

Mittal, J. S. B., & Newman, B. I. (2001). Comportamento do Cliente: indo além do comportamento do consumidor. . São Paulo: Atlas.

Mourão, É. Guia do consumo consciente Retrieved 10/01/2010, 2010, from http://www.brde.com.br/asse_midia_consumo.asp

Paavola, J. (2001). Towards Sustainable Consumption: Economics and ethical concerns for the environment in consumer choices. Review of Social Economy, 59(2), 227-248. http://dx.doi.org/10.1080/00346760110036175

Portilho, F. (2005). Consumo sustentável: limites e possibilidades de ambientalização e politização das práticas de consumo. Cadernos EBAPE.BR, 3(Edição Temática), 1-12.

Richardson, R. J. (1989). Pesquisa Social: métodos e técnicas (2ª ed.). São Paulo: Atlas.

Scarpinelli, M., & Ragassi, G. F. (2003). Marketing verde: ferramenta de gestão ambiental nas empresas. Revista Científica Eletrônica de Ciências Contábeis, 2(1).

Schultz, P. W. (2002). Environmental attitudes and behaviors across cultures. Paper presented at the Online readings in psychology and culture, Washington.

Schwepker, J., C. H., & Cornwell, T. B. (1991). An examination of ecologically concerned consumers and their intentions to purchase ecologically package products. Journal of Public Policy and Marketing, 10, 77-101.

Solomon, M. R. (2002). O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo (5ª ed.). Porto Alegre: Bookman.

Stiglitz, J., & Walsh, C. (2003). Introdução à Microeconomia. Rio de Janeiro: Campus.

Straughan, R. D., & Roberts, J. A. (1999). Environmental segmentation alternatives: a look at green consumer behavior in the new millennium. Journal of Consumer Marketing, 16(6), 558-575. http://dx.doi.org/10.1108/07363769910297506

Sutherland, A., & Thompson, B. K. (2003). The Marketer’s Guide to Understanding and Reaching Generation Y – Kids, Tweens and Teens. New York: McGraw-Hill.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.