Aprendizagem organizacional na área de suprimentos: um estudo na área de saúde do sul do Brasil

Alex Sandro Quadros Weymer, Ubiratã Tortato
DOI: https://doi.org/10.5329/RECADM.20111002002

Texto completo:

Artigo

Resumo

O objetivo deste artigo é identificar de que maneira a aprendizagem organizacional acontece na área de suprimentos da Unidade de Negócios da área da saúde de uma Holding do sul do Brasil, a partir de uma reestruturação corporativa. Para atingir esse objetivo, foram entrevistados todos os gestores responsáveis pelos principais processos da cadeia de suprimentos e, após a transcrição literal das entrevistas, os dados foram tratados e analisados com o apoio do software computacional Atlas TI. Os resultados apontam para um esforço significativo rumo à profissionalização da gestão de suprimentos com um viés baseado na lógica da indústria da produção de bens de consumo, levando em consideração as peculiaridades da área da saúde, que buscam o constante equilíbrio entre a otimização dos custos com a entrega de serviços e produtos de qualidade.


Palavras-chave

Cadeia de suprimentos; Aprendizagem organizacional; Alinhamento estratégico


Referências


Alves, A. S. (2008) Ferramentas de Supply Chain Management para a Otimização de Estoques. Disponível em: . Acesso em 12 de fevereiro de 2010.

Ayres, L. F. (2008) As influências da aprendizagem individual e grupal na aprendizagem organizacional. Dissertação de Mestrado, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, SP, Brasil.

Barbieri, J. C., Machline, C. (2006) Logística Hospitalar: Teoria e prática. São Paulo: Saraiva.

Bardin, L. (2009) Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bauer, M. W. (2002) Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In: Bauer, M. W.; Gaskell, G. (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes, p. 189-217.

Bitencourt, C. C., Barbosa, A. C. Q. (2004) A Gestão de competências. In: BITENCOURT, C. (org.). Gestão contemporânea de pessoas: novas práticas, conceitos tradicionais. Porto Alegre: Bookman.

Burgess, K, Singh, P, Koroglu, R. (2006) Supply chain management: a structured literature review and implications for future research. International Journal of Operations and Production Management, 26 (7): 703-729. http://dx.doi.org/10.1108/01443570610672202

Cervi, R. (2002) Centralização de compras como estratégia logística: O caso das Farmácias Magistrais. Dissertação Mestrado em Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil.

Coronado, O. (2007) Logística Integrada: Modelo de Gestão. São Paulo: Atlas.

Crossan, M.M, Lane, H.W., White, R.E. (1999) An organizational learning framework: from intuition to institution. Academy of Management Review, v.24, n3, p. 522-537.

Frankel, R., Bolumole, Y. A., Eltantawy, R. A., Paulraj, A., Gundlach, G. T.(2008) The domain and scope of scm's foundational disciplines insights and issues to advanced research. Journal of Business Logistics,; 29, 1. http://dx.doi.org/10.1002/j.2158-1592.2008.tb00066.x

Infante, M., Santos, M. A. B. (2007) A organização do abastecimento do hospital público a partir da cadeia produtiva: uma abordagem logística para a área de saúde. Ciênc. saúde coletiva, vol.12 no.4, Rio de Janeiro July/Aug. 2007. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S1413-81232007000400016&script=sci_arttext. Acesso em 20 de fevereiro de 2010.

Knowles, M. S. (1973) Adult Learner: a neglected species. Houston: Gulf.

Knowles, M. S., Holton III, E. F., Swanson, R. A. (2009) Aprendizagem de Resultados: uma abordagem prática para aumentar a efetividade da educação corporativa. Rio de Janeiro: Elsevier.

Larson, P. D., Poist, R. F., Halldórsson, Á. (2007) Perspectives on Logistics vs. SCM: a survey of SCM professionals. Journal of Business Logistics, 28, 1. http://dx.doi.org/10.1002/j.2158-1592.2007.tb00230.x

Lima, J. C. (2006) História das lutas sociais por saúde no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 09 de fevereiro de 2010.

Machline, C., Picchiai, D. (2009) O dimensionamento dos recursos humanos na área operacional da empresa. Anais SIMPOI.

Mendes, I. A. C. (2003) Aprendizagem organizacional e gestão do conhecimento: um desafio a ser enfrentado. Revista Latino-americana de Enfermagem, maio-junho; 11(3):269.

Monteiro, A. R, et al. (2003) O impacto do e-procurement na obtenção de insumos hospitalares: o caso de um hospital da rede particular da cidade de João Pessoa. In: XXIII ENEGEP – Ouro Preto, MG, Brasil, 21 a 24 de outubro.

Pereira, J. M. (2002) A importância da logística no âmbito hospitalar. Disponível em: . Acesso em: 21 de janeiro de 2010.

Ribeiro, S. (2005) Logística hospitalar: desafio constante. Disponível em: . Acesso em: 21 de janeiro de 2010

Schein, E. (2009) Cultura Organizacional e Liderança. São Paulo: Atlas.

Silva, C. G. (2006) A Logística na Gestão da Cadeia de Suprimentos da Área Hospitalar: Um estudo de caso do Hospital Nair Alves de Souza. Monografia, Graduação em Bacharelado em Administração, Faculdade Sete de Setembro – FASETE, Paulo Afonso, BA, Brasil.

Yin, R. K. (2001) Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.