NOVO ENFOQUE SOBRE LIDERANÇA CENTRADA NA VIDA

José Antonio Bonilla Castillo
DOI: https://doi.org/10.5329/RECADM.20040301010

Texto completo:

Artigo

Resumo

Neste artigo discute-se a importância da introdução da dimensão espiritual na agenda organizacional. Isto não significa introdução de religião, e sim do significado e sentido da vida humana, tanto a nível pessoal como organizacional. Um aspecto básico dentro dessa dimensão espiritual é o conceito de integridade, definido como “ter a coragem e a auto-disciplina para viver segundo nossa verdade interior”. É o papel do gerente transmitir essa integridade para seus funcionários. Conclui-se que é necessário introduzir a dimensão espiritual na vida organizacional. Ela representa o princípio integrativo que precisa equilibrar o outro princípio (oposto mas complementar), o auto-afirmativo, hoje prevalecente, que se preocupa só com a prosperidade  das partes. O futuro pertencerá às organizações que possam sintonizar a visão de conjunto com os aspectos específicos.

 

 


Palavras-chave

Liderança Organizacional; Dimensão Espiritual; Integridade


Referências


ASSAGIOLI, R. The act of will. Nova Iorque: Penguim. 1971

AUTRY, J. Love and profit. Nova Iorque: Morrow, 1991.

BARRETT, R. Libertando a Alma da Empresa. São Paulo: Cultrix. 1998, 192 p.

BONILLA, J. A. Resposta à Crise: Qualidade Total Autêntica em Bens e Serviços. São

Paulo: Makron Books. 1993, 238 p.

BONILLA, J. A. Qualidade Total na Agricultura: Fundamentos e Aplicações. Belo

Horizonte: Secretaria de Agricultura. 1994, 344 p.

BONILLA, J. A. Abordagem holística. Belo Horizonte: CAD/FACE/UFMG. 2001, 52 p.

CAPRA, F. O Ponto de Mutação. São Paulo: Cultrix. 1982, 427 p.

CAPRA, F. O Tao da Física. São Paulo: Cultrix. 1984, 332 p.

CORNELSSEN, L. Hunting the intelligence. Tiruvanmalai: Centenary Publications. 1996.

 DEACON, R. The Symbolic Species. Londres: The Pinguim Press. 1997.

EINSTEIN, A. Como vejo o mundo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1981, 213 p.

GOLEMAN, D. Inteligência Emocional. Rio de Janeiro: Objetiva. 1995, 370 p.

HAWLEY, J. Redespertar espiritual no Trabalho. Rio de Janeiro: Record, 1995, 250 p.

LLINAS, R. e ROBARY, U. Coherent 40 Hz-Oscilation Characterizes Dream States in

Humans. Proceedings National Academy of Sciences (USA) 90:2078-81. mar. 1993.

OLIVEIRA, M. Caos, Emoção e Cultura. Belo Horizonte: Ophicina da Arte e Prosa. 2000,

p.

PERSINGER, M. A. Religious and Mystical Experiences as Artefacts of Temporal Lobe

Function. Nova Iorque: Random House. 1993.

PETERS, T. Thinking on chaos: Handbook for a Management revolution. Nova Iorque:

Knop. 1987.

SENGE, P. A Quinta Disciplina. São Paulo: Best-Seller. 1990, 352 p.

SENGE, P. La Quinta Disciplina em la Práctica. Barcelona: Granica. 1995, 593 p.

SIEGER, B. S. Love, Medicine and Miracles. Nova Iorque: Harper e Row. 1986, 325 p.

UNESCO. Declaração de Veneza. 1986.

UNESCO. Declaración Mundial sobre Educación Superior en el Siglo XXI: Visión y

Acción. Conferencia Mundial sobre Educación Superior. Paris, outubro 1998, 10 p. Disponível

em Acesso em 15.jul.2001.

VAILL, P. Managing as a performing art. São Francisco: Jossey-Bass. 1989.

WOLMAN, R. Inteligência Espiritual. São Paulo: Ediouro. 2001, 336 p.

ZOHAR, D e I. MARSHALL. Inteligência Espiritual. Rio de Janeiro: Record. 2000, 340 p.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.